De forma inquestionável, a pandemia causada por Covid-19 terá efeitos devastadores sobre a sociedade global, já tendo provocado mais de 14 mil mortes confirmadas no mundo (World Health Organization 2020) e provocando uma mobilização ímpar entre pesquisadores de todo o mundo em busca de soluções (Viglione 2020).

Esta página foi construída, tendo como suporte, resultados de um trabalho científico produzido na Inglaterra para todos os países do mundo (Walker et al 2020). Trata da apresentação de resultados de simulações matemáticas que utilizaram dados que ilustram da melhor forma possível a realidade de cada país. Assim, o estudo aponta diferentes consequências de ações tomadas pelos diferentes países a respeito do isolamento social (ou não) para tentar conter a pandemia de Covid-19. Este estudo foi publicado em 26/03/2020 e há indícios de que vem afetando as decisões de governantes em todo o mundo.

Aqui, os resultados gerados para o Brasil foram transpostos para os municípios brasileiros e apresentam a expectativa de número total de infectados, de leitos necessários, de UTIs necessárias e de UTIs no pico da epidemia. Os resultados que você encontrará após a sua consulta são derivados de um modelo matemático (Walker et al 2020), portanto, não são 100% exatos. Apesar disso, modelos são usados o tempo todo para a previsão de clima, indicadores econômicos, e muito mais, e merecem ser considerados. O intuito desta divulgação é o de tornar entendível um conhecimento científico complexo para que tomadores de decisão e cidadãos tenham a consciência de que a pandemia de Covid-19 não gera efeitos triviais, merecendo ser tratada com respeito, antes de tudo, aos seres humanos.

Apesar dos resultados do seu município poderem não parecer otimistas, precisa-se levar em consideração que os resultados aqui obtidos são oriundos de uma simulação que usou dados relativos a momento anterior à chegada de Covid-19 no Brasil. Agora, com a Covid-19 instalada no país, o Ministério da Saúde já destinou R$ 432 milhões para os estados aprimorarem a forma de enfrentamento do vírus (https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46547-estados-terao-r-432-milhoes-para-enfrentar-covid-19). Além disso já é notório o conhecimento de que órgãos de saúde em níveis estadual e municipal têm articulado medidas visando um cenário melhor.

Como citar esta página:
Souza, et al., 2020. Covid-19: O Brasil ainda pode conter uma catástrofe!World Wide Web electronic publication. www.if.mg.br/covid, versão 03/2020.
UFSJ
IF Sudeste MG